5 Maneiras de incentivar seu filho a se expressar mais desenhando

  1. Valorize qualquer desenho. Não importa que pareça um simples rabisco. O que vale é a diversão – que não será menor porque a criança não produziu uma obra de arte. E lembre-se de que a imagem revela muito sobre seu filho.
  2. Crie o ambiente certo. Proporcione um espaço atraente e confortável. Crianças até 2 anos, por exemplo, preferem rabiscar livremente em superfícies lisas e sem limites – o apoio pode ser uma mesa espaçosa ou até mesmo o chão. “Embora a imaginação e a diversão não dependam de recursos externos, quanto mais estimulante for o local, maiores serão as oportunidades de exploração e aprendizagem.”
  3. Ofereça recursos. A mesma lógica do ambiente vale para os materiais de desenho. A criança não depende de papéis incríveis e um conjunto luxuoso de lápis, com 36 cores ou mais, para se divertir. Mas, quanto mais recursos e suportes disponíveis, maiores as possibilidades de criação.
  4. Fuja de modelos. Evite oferecer imagens para copiar e sugerir temas para o desenho. “Isso mata a espontaneidade e impede que a criança revele senso crítico. Melhor incentivar a autonomia.”
  5. Não dispense os livros com desenhos prontos. Mas não se esqueça: esses livros nunca serão tão estimulantes…
    Fonte Texto: claudia.abril.com.br
    Fonte Imagem: Menina foto criado por freepik – br.freepik.com